ANIVERSÁRIO DE DONA APARECIDA

0

No domingo 13 uma pequena casa da rua João Pitanguy, antiga rua do Quebra, foi tomada por um grande número de pessoas que se juntaram aos familiares de uma grande senhora: Maria Aparecida Braga Alcântara, festejando o seu octogésimo aniversário. Dona Aparecida, como carinhosamente é chamada, nasceu no dia 14 de outubro de 1931 na rua Direita, São Francisco.
Em sua vida ela angariou um sem número de amigos, reflexo de sua amável presença em eventos religiosos, visitas aos lares de amigos e doentes.
Desde menina, dona Cida tem uma vida voltada à religiosidade – sua mãe era zeladora da igreja. Logo começou a participar de grupos religiosos: Santo Anjo, com vestes brancas; Filha de Maria, com fita azul – tinha dona Carmozina Dourado como guia; Sagrado Coração de Jesus, fita vermelha – tinha dona Jardelina como guia; Legião de Maria. Era presença constante nas missas e todos os eventos religiosos realizados na igreja São José. Atualmente, acompanha o Cenáculo de Maria, coordenado por Carmem. Com esse grupo, ela leva a oração do terço ao Lar dos Idosos São Francisco de Assis no primeiro domingo do mês. Com o mesmo grupo viaja, aos domingos, a comunidades rurais, sempre levando a mensagem de Maria, da qual é firme devota.
Dona Aparecida era casada com Dionísio. Ela é remanescente do antigo Quebra de tantas histórias e de tanta arte popular.

Campartilhe.

Comentários desativados.