CONTORNANDO SITUAÇÕES

0

 A água nunca enfrenta seus  obstáculos, ela os contorna,  por isso é poderosa, indomável.

                A vida nos traz centenas de situações difíceis a serem enfrentadas. Às vezes, precisamos bater de frente com problemas, mas em algumas situações é melhor saber se desviar deles e seguir em frente.   É preciso ser maleável, contornar. Na juventude, muitas vezes, achamos que podemos enfrentar tudo e nos damos mal. Na idade madura, já nos tornamos mais  maleáveis. Diante dos grandes desafios da vida, existe uma hora para enfrentar, lutar e uma hora de parar e agir com cautela. 

                De repente, em nossa vida, temos que ser maleáveis, mudar de caminho, por  algum problema,  principalmente  financeiro.

Na infância, década de cinquenta, eu morava perto do Colégio de Viçosa e via sempre os meninos indo para o estabelecimento em suas bicicletas, com  suas  pastas,  roupas bonitas.  E eu só na vontade, pois não tinha dinheiro para estudar em colégio pago e, em Viçosa, não havia colégio público.   Fazer o quê?  Fui para o seminário na intenção de ficar lá um tempo e depois, quando rapazinho, voltar e dar um jeito de trabalhar e estudar.   Foi o que fiz. Voltei e fui trabalhar na secretaria do Colégio de Viçosa, concluindo o ginásio.     

Na minha juventude, eu queria fazer Letras, estudar muitas línguas, mas não tinha grana, e na Universidade Federal de Viçosa,  Uremg à época,  ainda não havia este curso. Fiz agronomia e fui muito feliz. Para compensar, lecionei português para o ginásio, cursinhos, dei cursos completos de gramática e redação, me aperfeiçoei em inglês e francês e estou levando a vida comme il faut.  Feliz!  O pobre tem que ser mais maleável que o rico, que, no mais das vezes, nem carece sê-lo. Pois o dinheiro compra tudo, até o amor verdadeiro, segundo Nelson Rodrigues.

                Nós devemos ter a água como o melhor exemplo de algo maleável, que contorna obstáculos. A água não os enfrenta, ela os contorna, Senão vejamos.  O rio segue seu fluxo contornando obstáculos como pedras em seu leito, árvores que caem, represas. Aliás, não é rio que contorna obstáculos, mas sua água, que se adapta a qualquer lugar – jarra, bacia, represa, copo, piscina.  Sai do seu leito menor e inunda uma cidade quando não tem para onde escoar. A água nos ensina a nos adaptarmos a quaisquer situações que  se nos apresentem, quando não temos como resolvê-las.  

                O pobre, para conseguir algo na vida, tem que ser maleável

                 Como tem!

                                              Tarcísio Barbosa

     jtbarbosa500@yahoo.com.br

Campartilhe.

Comentários desativados.