DIA INTERNACIONAL DA MULHER

0

O dia 8 de março foi adotado para comemorar o Dia da Mulher com fim de celebrar as conquistas sociais, políticas e econômicas das mulheres ao longo dos anos, sendo adotado pela Organização das Nações Unidas e, consequentemente, por diversos países.

Se fosse possível fazer uma linha do tempo dos primeiros “dias das mulheres” que surgiram no mundo, ela começaria possivelmente com a grande passeata das mulheres em 26 de fevereiro de 1909, em Nova York.alho

Naquele dia, cerca de 15 mil mulheres marcharam nas ruas da cidade por melhores condições de trabalho – na época, as jornadas para elas poderiam chegar a 16h por dia, seis dias por semana e, não raro, incluíam também os domingos. Ali teria sido celebrado pela primeira vez o “Dia Nacional da Mulher”.

No entanto, o 8 de março teve origem com as manifestações das mulheres russas por melhores condições de vida e trabalho, durante a Primeira Guerra Mundial (1917). A manifestação que contou com mais de 90 mil russas ficou conhecida como “Pão e Paz”, sendo este o marco oficial para a escolha do Dia Internacional da Mulher no 8 de março, porém somente em 1921 que esta data foi oficializada.

Por muito tempo, a data foi esquecida e acabou sendo recuperada somente com o movimento feminista nos anos 60. A Organização das Nações Unidas, por exemplo, somente reconheceu o Dia Internacional da Mulher em 1977. Atualmente, além do caráter festivo e comemorativo, o Dia Internacional da Mulher ainda continua servindo como conscientização para evitar as desigualdades de gênero em todas as sociedades.

No mundo todo são feitas manifestações para comemorar o Dia da Mulher. No mundo todo vírgula, pois em São Francisco não se teve notícia de qualquer manifestação de apreço à mulher, senão por elas mesmas, como reunião na Fraternidade Feminina Acácia Sanfranciscana.

Homenageando as mulheres, em especial àquelas que possam ter acesso a este portal, publicamos uma bela página (autor anônimo) dos filhos.

Neste Dia Internacional da Mulher, eu preciso te fazer uma pergunta que me persegue há muito tempo: Como é que você consegue estar sempre de bom-humor, sempre em paz consigo mesma e com o mundo à sua volta? Como você consegue ser gentil 24 horas por dia? Como consegue se apresentar elegante em qualquer circunstância, revelando esta sua saudável e discreta vaidade? Sabe, hoje senti a necessidade de dizer o quanto admiro você. O quanto fico feliz em ter uma mãe tão especial e tão preocupada com a felicidade de todos os que a cercam, tão empenhada em proporcionar um ambiente de harmonia e beleza; enfim, um ambiente de felicidade plena. Sei que, em nome desta paz, muitas vezes você abre mão dos seus próprios interesses e, se isto me deixa orgulhoso por perceber que tenho uma mãe tão dedicada, por outro lado fico um pouquinho triste em saber que você pode estar sacrificando o seu próprio acesso a flores, perfumes e outras coisas que eu sei que você gosta tanto! Querida mamãe, neste dia especial, receba um beijo muito carinhoso e esta declaração de amor da sua filha (do seu filho).

 HOMENAGEM ESPECIAL DO PORTAL À MULHER

Não há distinção – todas as mulheres são seres especiais, abençoados, mais amados. Há um quê de divino, de pureza, um dom muito especial em ser mulher e, mais ainda quando mãe.

Estendendo a todas elas, com nosso carinho e admiração, focamos algumas mulheres que se destacaram, pelo amor, na humanidade:

Maria, mãe de Jesus. Madre Tereza de Calcutá, uma vida dedicada ao pobres e doentes. Zilda Arns uma luz na vida de crianças carentes. Maria Quitéria, heroína brasileira.

Campartilhe.

Comentários desativados.