NOVA ADVOGADA NA OAB-MG DE SÃO FRANCISCO

0

Em solenidade realizada no dia 27 de fevereiro na sede da 102ª subseção da OAB-MG de São Francisco a bacharelanda Juscinéia Alves Soares Lima prestou juramento e recebeu a carteira de advogada. Presidiu a solenidade a advogada Silvana Flávia com a presença dos diretores Valmir José de Oliveira, tesoureiro; Eugênia Pacceli Lara Lisboa, secretária adjunta; José Ricardo de Andrade Gonçalves, presidente da comissão OAB Jovem; Hávila Próbio Rocha, presidente da comissão Mulher Advogada; Leiliara Paraíso de Almeida, vice-presidente da comissão da Mulher Advogada; Geovane Isnard Mendes Rocha, presidente da comissão de Relações Institucionais; Carlos Pereira de Carvalho Júnior, presidente da comissão de Defesa, Assistência e Prerrogativas; familiares e amigos da bacharelanda.
A presidente da subseção, Silvana Flávia saudou a nova advogada enfatizando: “Sabemos que o início da carreira vem dificuldades, dúvidas e receios, sabemos que as mulheres enfrentam muitas dificuldades para conciliar família, profissão, e o mundo exige essa conciliação. Parabenizo você e digo que agora começa uma grande fase da sua vida, uma grande busca por essa inserção no mercado de trabalho, construída dia-a-dia”.
Prosseguiu ressaltando o papel do advogado: “Nós advogados, somos indispensáveis à administração da Justiça, à sociedade e prestamos serviço público, exercendo função social. Ou seja, representamos peça fundamental para concretizar o significado da palavra Justiça. A advocacia na prática, é uma batalha travada todos os dias nos corredores do foro, nas audiências, nas secretarias, no diálogo direto com o cliente. A cada dia vencemos mais um desafio na árdua tarefa de servir ao Estado Democrático de Direito. E quando, durante a nossa luta, nos deparamos com o desrespeito a nós, na condição de advogados, que saibamos nos valer da OAB, esta casa!”
Frisou para a jovem advogada a buscar sempre o que é de direito e a lutar por Justiça, por um mundo mais igualitário, arrematando – “Não seja máquina de investigar, processar ou julgar, seja acima de tudo ‘humana’, permita se colocar no lugar de quem anseia por Justiça e sentir sua dor, sua frustração e sua alegria nos momentos de Vitória, pois a Vitória também é sua!”
A presidente Flávia arrematou sua fala dizendo que “a advocacia rima com sonhos de liberdade e de igualdade. Rima com um horizonte maior e democrático.”

Campartilhe.

Comentários desativados.