PEQUENA CRÔNICA

0

ÀS AVESSAS

Opinião é opinião, tem e dá de acordo com cada um. No entanto cai no absurdo o que dizem algumas pessoas – dizem, pensam e acreditam. Dizia-se, antes, quando da prisão do ex-presidente Lula que tudo era fruto de uma sistemática campanha das elites e reclamavam que tudo era uma perseguição direcionada aos defensores da “democracia” e causa dos mais pobres, perguntando: e os outros? Agora, o senador Aécio foi denunciado e pode ter o mesmo destino do ex-presidente. Adeus desculpa.

Fala-se, com certa revolta, que a ex-presidente Dilma sofreu injustamente o impeachment, quando fora eleita com 51 milhões de votos. Pois é, analisando só o caso da Refinaria Pasadena, o enorme rombo dos cofres da Petrobrás (US$ 1,18 bilhão, ou seja, mais de R$ 4 bi), quando era ela presidente do Conselho de Administração da empresa e que, segundo delação de Cerveró ela sabia de todos os detalhes da compra da refinaria, há motivo de sobra, então, para a sua destituição do cargo e, mais, para indiciá-la por malversação do dinheiro público. Ela saiu no lucro, mantendo regalias do cargo e ainda podendo se candidatar – o que já se anuncia -ao Senado por Minas Gerais. O senador Aécio que teve expressiva votação, pouco menos à conferida à ex-presidente – 48 milhões de votos – por causa de 2 milhões pedidos como empréstimo empresário Joesly Batistapode ser condenado (e tudo indica que será).

Arrematando este parágrafo com o que li na rede social: “Eleições sem Aécio é fraude. Cadê as provas (…) Vamos fazer uma missa para D. Risoleta em São João Del Rey, regada de cachaça e pó”.

Não há ninguém inocente. O que o país assiste é uma sucessão de escândalos vergonhosos envolvendo a classe política, empresarial e altos dignitários da Nação. Enquanto eles usaram – e usam – do poder para tirar vantagens, se enriquecerem, a noção padece. Cansa-se de dizer, de repetir, a situação de caos total da saúde pública, da segurança, da educação, situação das rodovias, do elevado preço do gás, da gasolina, da energia. Tanto dinheiro, mas tanto mesmo, e a maioria dos brasileiros vivendo na penúria. Porém, a penúria maior é constatar que mesmo tendo sido demonstrado que essa gente desviou o dinheiro público, se locupletou dos cargos que lhe foram conferidos pelo povo, uma significativa parte da população ainda teima em dizer que todo o processo da Lava Jato e outras operações não passaram de perseguição a esse ou àquele. Não adianta argumentar que a condenação do ex-presidente partiu de um trabalho de anos da Polícia Federal, de Promotores Federais, de um juiz monocrático, três juízes de segunda instância, 5 desembargadores e 6 ministros. Todos estão errados, são fascistas, estão perseguindo inocentes. Inocentes tão ricos, tão bem de vida. Ora!.

Campartilhe.

Comentários desativados.