PROJETO DE FRUTICULTURAS VERMELHAS

0

O prefeito Evanilso Aparecido Carneiro deu um passo importante ao autorizar a contração de consultoria para elaboração do plano de negócio do Projeto Fruticulturas Vermelhas para atração de investidores.

Nos dias 12 e 13 deste mês o Secretário de Meio Ambiente, Estratégia e Desenvolvimento Econômico, Cosmo Fernando Pinto Lima, esteve reunido em Belo Horizonte com o consultor engenheiro Luiz Márcio Marques Lima, visando uma decisão sobre os próximos passos para implantação do projeto, que terá um plano de negócio, visando atrair investidores.

O  Projeto será implantado com recursos da iniciativa privada, oriundo de financiamento bancário, principalmente aqueles operados pelo Banco do Nordeste do Brasil – BNB e/ou Banco do Brasil – BB, em suas linhas específicas para a fruticultura e irrigação. No caso especifico o gerente do BNB, Carlos Eustáquio de Oliveira, se comprometeu com a Secretário Cosmo Fernando Pinto Lima e com o Prefeito Evanilso, que o banco se fará presente no primeiro encontro com investidores de Belo Horizonte, organizados com apoio de empresa operadora e parceira da Oi – Telecomunicações. A Secretaria espera que outros bancos como o Banco do Brasil, SICOOB Cred Chapada e CEF também participem com suas linhas de financiamento.

Sendo um projeto que contribuirá também com a fixação do homem no campo, espera-se que o Programa Nacional de Crédito Fundiário – PNCF, operado com recursos do Banco da Terra, pela Secretaria Especial de Agricultura Familiar do Desenvolvimento Agrário – SEAD,  possa participar financiando aos filhos de agricultores familiares pela aquisição de terras da família, residentes na área de implantação do projeto. Nesse aspecto a Secretaria de Meio Ambiente, Estratégia e Desenvolvimento Econômico e a Associação dos Produtores do Retiro e Adjacência, em setembro/17, entregaram ao deputado José Silva, uma carta de intenção visando a produção de alimentos no perímetro irrigado do Retiro, para que fosse priorizado aquela área em investimentos dessa natureza.

No dia 16 de fevereiro o pré-projeto foi apresentado no CAIC em São Francisco, com a participação do Prefeito Municipal Evanilso Aparecido, técnicos da Secretaria e  diversos produtores interessados, e entidades. Na fase atual, já foram definidos alguns pontos importantes, tais como:

  1. a) o projeto terá 10 mil hectares de terras produzindo 19 tipos de frutas vermelhas: Amora, Araçá Vermelha,Acerola, Cajú Anão Vermelho, Baga Doce, Cubiu, Camu-camu, Caqui, Framboesa, Fhysalis Vermelha, Jambo Vermelho,Jaboticaba, Pitanga, Pinha Vermelha, Pitaya, Lixia, Mangostão, Morango e Romã.
  2. b) será implantada uma Biofábrica para produção de mudas que comercializadas junto aos produtores rurais participantes. O custo estimado para o investimento na biofábrica é de R$ 1,5 milhão e em outros investimentos fixo a mais R$ 4 milhões ao longo de sua implantação total;
  3. c) a central de comercialização, que poderá ser constituída sob a modalidade de uma Agência de Desenvolvimento – AD será a grande responsável pela colocação dos produtos nos mercados internos e externos, identificados no Plano de Negócio do Projeto, e que terá ainda a função de gerenciadora geral, no âmbito contextual dos negócios;
  4. d) o grupo investidor, deverá ser composto por empresários dos vários setores da economia, dando prioridade também para os empresários locais;
  5. e) os produtores rurais do município de São Francisco, serão identificados  e selecionados pelo grau de interesse na atividade final do projeto, possuir terras férteis e fonte de água para a produção e capacidade para receberem financiamento, entre outras;
  6. f) todos os produtores serão assistidos tecnicamente, durante todo o tempo, por engenheiros e técnicos com comprovada experiência em projetos de fruticultura;
  7. g) a localização das áreas para a produção, prioritariamente devem estar situadas às margens do rio São Francisco, desde o Povoado do Travessão até o Retiro;
  8. h) no médio e longo prazo prevê-se a implantação de unidades de processamento, agregando valor nas matérias prima (frutas), e no caso específico outros mercados serão atingidos pelos investimentos projetados (agroindústrias);
  9. i) o projeto prevê iniciar com 200 famílias, atingindo em 10 anos 2000 famílias inseridas na produção das frutas vermelhas;
  10. j) todos os produtores receberam capacitações e treinamento na produção como no gerenciamento de suas unidades rurais.
BENEFÍCIOS

Entre tantos outros benefícios à saúde humana, as frutas vermelhas são excelentes para:

Combater o envelhecimento precoce; Combater o colesterol/emagrecimento; Potencializar o sistema imunológico; Previnir, câncer  diabetes e cegueira; Otimizar a memória e a coordenação motora; Previnir doenças cardiovasculares; Combater varizes e Fonte de vitaminas (B), sais minerais e fibras.

Estima-se que o Produto Interno Bruto – PIB de São Francisco, ou seja, tudo aquilo que o município produz e comercializa, passe dos atuais R$ 3,8 milhões para R$ 1,0 bilhão / ano com a implantação total do projeto, afirma o Consultor Luiz Márcio Marques Lima, que está bastante otimista com a participação da iniciativa privada nos futuros investimentos do projeto.

Campartilhe.

Comentários desativados.