PROJETO ENCANTADO – ARRAIÁ NA IAME

0

Equipe do Projeto Encantado participou do III Arraiá do Mundo Encantado, organizado pela equipe de profissionais da Instituição de Acolhimento Mundo Encantado – IAME, festa realizada na quarta-feira 19, com o apoio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social. A equipe do Projeto Encantado destacou o importante trabalho do grupo que organizou a festa para as crianças, Neomice, Aliete e Carol e, principalmente, o apoio decisivo da secretária municipal de Desenvolvimento Social, Salete de Moura Baldez. Foi uma linda festa e a criançada divertiu-se a valer.
Na oportunidade, a equipe do Projeto Encantado realizou a quarta visita de aniversário de crianças da Casa. Com os fundos arrecadados pela Caixinha Encantada, levou presentes para duas aniversariantes do mês e ajudou a custear as despesas de algumas guloseimas. Na realização do evento, muito contribuiu as parcerias de Néia (um bolo temático) e Carliete (Belas Arts) que ajudou na composição da ornamentação do espaço.
A equipe dá um recado para os colaboradores da Caixinha Encantada: o projeto continua cumprindo o objetivo de ajudar a IAME com despesas urgentes tais como: medicações, exames, óculos de grau, inscrição no CPF, fotografias 3×4 (Guilherme Barbosa Pereira – parceiro), aquisição de box para o banheiro (Luna Vidraçaria – parceiro). A equipe comunica aos colaboradores que doaram roupa e calçados: além das peças direcionadas à Casa, o Projeto Encantado organizará um bazar em prol da Caixinha Encantada.
A equipe do Projeto Encantado conclama a quem não faz parte da corrente do bem, que participe – cadastre-se como colaborador da Caixinha Encantada e doe R$ 10 (ou quanto puder) a cada dois meses; ou doe roupas e sapatos. Dirige aos comerciantes, profissionais da área da saúde e empresários, chamando-os à parceria, que podem ser deduções nas compras.

COMENTANDO

O trabalho desenvolvido pelo Projeto Encantado, conquanto se fundamente em um ato de fraternidade, um laço de união entre os homens, fundado no respeito pela dignidade e na igualdade, remete-o a uma consecução que deveria ser alvo de atenção de todos os homens de uma sociedade – à igualdade de direitos entre todos os seres humanos.
Pelo que se sabe, as crianças e adolescentes acolhidos pela IAME viviam à margem da sociedade, sem poder usufruir dos direitos inerentes ao ser humano, tanto legal, quanto fraternal. Crianças e adolescentes que assim se desenvolvem, têm tudo para não conviver como seres integrados à sociedade. Depois, vêm as injustas imprecações contra os atos que eles revelariam, por terem sido rejeitados.
Destarte, tão louvável é o trabalho da equipe do Projeto Encantado – advogados, juíza, equipes da IAME e, agora, a secretária municipal de Desenvolvimento Social, que teve um olhar diferenciado e mais humano para o que se realiza naquela Casa.

Campartilhe.

Comentários desativados.