UMA JUSTA E TARDIA HOMENAGEM

0

Projeto de lei do vereador Edmilson Pereira da Silva, transformado na Lei nº 3194, deu nova denominação à Praça Renato Azeredo, agora Heráclito Cunha Ortiga.
Trata-se de uma homenagem mais do que merecida considerando a importância de Heráclito Cunha Ortiga tanto no cenário local como alhures. O vereador Edmilson justificou a propositura do projeto discorrendo, ainda que sucintamente sobre o homenageado:
“O dr. Heráclito Cunha Ortiga é filho de São Francisco, o que, por si, já justificaria a homenagem. Contudo, ressalta-se que ele foi um grande benemérito de nosso município. Ele deu importante suporte ao governo do prefeito Oscar Caetano Júnior em seu primeiro mandato, colaborando como arquiteto e engenheiro, na elaboração do primeiro Plano Diretor do município, projeto do prédio do primeiro Peixe-Vivo e do Cine Canoas.
Ele ocupou o cargo de diretor da Comissão do Vale do São Francisco e, como tal, muito ajudou nosso município com realização de obras através daquela companhia.
Depois, como deputado estadual, representando nosso município, sendo o segundo deputado são-franciscano, em sua história, a ocupar uma cadeira na Assembleia Legislativa.
Dr. Heráclito barranqueiro de São Francisco, era casado com Palmira Cunha, de tradicional família são-franciscana. Era irmão do Coronel José Ortiga, outro são-franciscano que tanto trabalhou em prol de São Francisco no governo de Aristomil Mendonça, na construção do Quartel e Vila Militar da PMMG de São Francisco, sempre contando com apoio do dr. Heráclito.
Dar o nome do Dr. Heráclito àquela praça é uma justa e merecida homenagem. Seria o reconhecimento, a gratidão de nosso povo, que aqui representamos, ao ilustre filho que sempre demonstrou profundo amor à terra. Mais ainda, o seu nome estaria ali no espaço que ele valorizou e próximo ao rio onde o barranqueiro tem preso a alma.
Não há demérito em conceder outro espaço urbano para homenagear Renato Azeredo, que teve seu nome dado àquela praça simplesmente por ter sido pai do ex-governador Eduardo Azeredo”.

Campartilhe.

Comentários desativados.